DESTAQUES

Sindsaúde marca presença em 4º Congresso Nacional da CTB

Fotos: João Ubaldo

Fotos: João Ubaldo

Temas relevantes sobre direito do trabalho e organização sindical nortearam os debates do 4º Congresso Nacional da CTB, realizados entre os dias 24 e 26 de agosto, em Salvador. O evento contou com a participação de cerca de 1,2 mil delegados e delegadas do Brasil e de outros países, reunidos no Hotel Stella Maris, em Salvador, que elegeram nova direção nacional da CTB neste sábado (26).

A chapa continua sendo presidida pelo atual presidente nacional Adilson Araújo, que inicia sua segunda gestão à frente da entidade. A diretora do Sindsaúde e da CTB Bahia, Inalba Fontenelle foi eleita para diretoria plena da CTB Nacional.

O Sindsaúde-Ba, marcou presença no evento representado pelos delegados , o presidente Silvio Roberto dos Anjos e Silva, a vice-presidente Tereza Deiró, e os diretores Ivanilda Brito  e Djalma Rossi.

O Seminário Internacional “A crise econômica global e o mundo do trabalho” abriu o 4º Congresso Nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), no dia 24 de agosto, com a participação de sindicalistas de 35 países. Os três dias de Congresso contou com uma ampla programação e com ricos debates.  O atual cenário político e econômico do país e os prejuízsite3os que a agenda neoliberal do governo de Michel Temer impõe aos brasileiros e brasileiras, ganharam destaque, assim como as reformas trabalhista e previdenciária.

Em seu pronunciamento, o presidente do Sindsaúde falou sobre a importância da defesa do SUS e da luta da entidade contra a privatização da saúde pública, bem como os impactos negativos das reformas trabalhista e da previdência.

 

Silvio Roberto também criticou a intervenção do governo do estado que suspendeu as contribuições dos trabalhadores das entidades representativas do serviço público. Ele solicitou a elaboração de uma moção de recomendação ao governador pedindo a correção imediata. O documento foi aprovado por unanimidade.

Os diretores do Sindssite1aúde aproveitaram a presença do representante da Organização Internacional do Trabalho, Peter Poschen, para falar sobre as demandas do setor público de saúde na Bahia. O representante do órgão se comprometeu em dar os encaminhamentos possíveis.

 

 

 

site4

 

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.