OUTRAS NOTÍCIAS

Servidores do CAS protestam contra descaso do governo

 

Manifestação na manhã desta quarta-feira (23) foi liderada pelo Sindsaúde-Ba

dsc_8558

Em protesto contra o tratamento desrespeitoso que a categoria vem recebendo do governo do Estado, que sequer cumpre as liminares da Justiça em favor das ações do Sindsaúde-Ba, os servidores da Secretaria da Saúde (Sesab) lotados no Centro de Saúde Professor José Maria de Magalhães Neto (CAS), no Iguatemi (antigo Iapseb), promoveram manifestação na manhã desta quarta-feira (23). Na unidade funcionam os centros de referência em Prevenção e Reabilitação de Deficiências (Cepred) e Atenção ao Idoso (Creasi).

A atividade deu continuidade ao calendário de mobilização da categoria, com paralisações de 12 horas em várias unidades. Os servidores denunciaram o fato do governo ainda não ter atendido recomendação do TJ-BA de enviar para a Assembleia Legislativa mensagem com a reposição salarial de 2016, apesar de já se aproximar o final do ano e a campanha salarial 2017.

dsc_8584

Além disso, protestaram contra a perda de direitos adquiridos e cobraram agilidade no pagamento da progressão, com retroatividade a 2014 como manda a lei. Servidores do CAS denunciaram a carência de equipamentos, como cadeiras de rodas para transporte dos pacientes, assim como a imposição de processos burocráticos que dificultam o acesso às consultas.

Os dirigentes do Sindsaúde-Ba convocaram os servidores da unidade para aderir ao Dia Nacional de Lutas contra a PEC 55 (antiga 241), nesta sexta-feira (25), participando junto com o sindicato da programação divulgada pelas centrais sindicais. E chamaram atenção, também, para a importância de reforçarem a manifestação do dia 30 de novembro, próxima quarta-feira, em frente à Sesab, no CAB, para cobrar do governo respeito à pauta de reivindicações da categoria.

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.