OUTRAS NOTÍCIAS

Creasi realiza programação especial sobre a Doença de Alzheimer

Foto: Ascom Sesab

Foto: Ascom Sesab

Para refletir sobre o Dia Mundial da Doença de Alzheimer, celebrado no dia 21 de setembro, o Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (Creasi) realizará palestra, cine debate, roda de conversa e salas de espera.

Nesta terça-feira (13), haverá palestra sobre Demência, às 14h, com as enfermeiras Amélia Oliveira e Nelci Medeiros, que abordarão a Doença de Alzheimer, seus aspectos, causas e sintomas. No dia 20, também às 14h, terá debate sobre o tema, após a exibição do filme “Para sempre Alice”, a história de uma professora de lingüística diagnosticada com Alzheimer.

No dia 21, durante todo o dia, acontecerão atividades nas salas de espera da unidade, com informações sobre a patologia, e, no dia 27, haverá roda de conversa sobre alterações de comportamento, ressaltando os impactos da doença no âmbito familiar, com depoimentos de familiares e cuidadores, às 14h.

Para participar da Programação, basta inscrever-se através do e-mail creasi.comunicacao@gmail.com , colocando no assunto “Evento sobre Doença de Alzheimer”. O evento é aberto ao público e gratuito.

Atendimento de pacientes com Doença de Alzheimer

Os idosos, com incapacidade funcional estabelecida ou em risco de fragilização causada pela doença de Alzheimer, são atendidos por equipe composta por médico geriatra, enfermeira e fisioterapeuta. Contam com ambulatórios de apoio, que inclui o núcleo de atenção gerontológica (NAG), e especialidades médicas para interconsultas. Além disso, o Programa de Apoio ao Cuidador oferece suporte aos familiares e cuidadores dos pacientes.

O Creasi também disponibiliza medicamentos para tratamento da doença. A Farmácia de Componentes Especializados da Atenção Farmacêutica (CEAF) possui, atualmente, 615 pacientes ativos cadastrados, que recebem medicamentos para Alzheimer. Só este ano, o Creasi já disponibilizou quase de 133 mil comprimidos. Em 2015, esse número ultrapassou 251 mil comprimidos.

Para ser paciente do Centro de Referência, o idoso deve encaminhar à Unidade Formulário de Referência devidamente preenchido pelo médico ou enfermeiro que o atende na Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Equipe de Saúde da Família (EqSF), expondo todas as necessidades do paciente para o tratamento no Creasi.

No entanto, se o interesse for fazer inscrição no programa de medicamentos do CEAF, não é necessário ser matriculado na Unidade. É preciso apresentar original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência com CEP; cartão do SUS; receita médica em duas vias, com o nome da substância e com prazo de até 3 (três) meses; relatório médico com o CID; Termo de Esclarecimento e Responsabilidade totalmente preenchido, assinado e carimbado pelo médico; Anamnese Social (realizada com a Assistente Social da Farmácia); Laudo de Solicitação, Avaliação e Autorização de Medicamentos (LME), devidamente preenchido, constando o número do cartão do SUS do médico, com até 3 (três) meses de validade.

No site www.saude.ba.gov.br/creasi consta toda relação de documentos e arquivos para download.

Fonte: Creasi

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.