OUTRAS NOTÍCIAS

Poema em homenagem ao Dia da Mulher- A flor lá de casa

Poema em homenagem ao Dia das Mulheres, de autoria de Zequinha Reis – auxiliar de enfermagem da Unidade de Saúde da Família do município América Dourada.

 

 

A Flor lá de casa

Mesmo sem se chamar Rosa
Gardênia ou Margarida
Pode ter Graça e ser formosa
Ser gentil e carinhosa
E pode gerar outra vida
Sem ser Jasmim nem Hortência
É mestra em dar carinho
Alegra nosso caminho
Antes brilha a inocência
Depois sobressai a experiência

Sem ser Acácia ou Açucena
Nem Dália nem Violeta
Seja branca, parda ou preta
Seja loura ou morena 
Torna a vida mais amena
É feliz quem não esquece
A atenção que merece
E vê como ela é capaz
Tudo que ela fez e faz
Tratá-la bem enobrece

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.