DESTAQUES

Sindsaúde classifica de “lamentável” anúncio de corte de pontos dos servidores

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde-Ba) repudia o anúncio do governo do estado de descontar os dias não trabalhados dos servidores da Saúde que aderiram ao movimento grevista iniciado no dia 17. De acordo com governo, a medida entra em vigor na folha salarial deste mês, tendo o dia 19 de julho como início dos descontos.

Para a entidade, é lamentável que o governo, em vez de dialogar com os trabalhadores para tentar resolver a situação, adote atitudes repressivas e intimidatórias, recorrendo ao Tribunal de Justiça para pedir a ilegalidade da greve e ameace cortar o ponto dos servidores.

“Não é essa a atitude que os trabalhadores esperam de um governo do Partido dos Trabalhadores, cujo próprio governador já fez muitas greves. Ressaltamos que o movimento grevista é direito dos trabalhadores e que o governador ignorou todas as solicitações de negociação com o Sindsaúde”, declarou o presidente da entidade.

A insatisfação dos servidores da Saúde, reforça Sílvio Roberto, vem se acumulando desde os governos passados: “Nosso movimento é justo e foi decretado com base em uma pauta de reivindicações antigas, que inclui a regulamentação do PCCV e o pagamento da URV, agravada pela extinção das Diretorias Regionais de Saúde (Dires) e pelo corte do adicional de insalubridade, sem qualquer discussão com a categoria”.

Diante da justeza do movimento, o Sindsaúde conclama a categoria “a se manter firme na luta, não cedendo a pressões de qualquer natureza com propósito de intimidar os trabalhadores”.

Compartilhe!

Uma resposta a Sindsaúde classifica de “lamentável” anúncio de corte de pontos dos servidores

  1. Pingback: GOVERNO VAI CORTAR PONTO DE GREVISTAS DA SAÚDE