DESTAQUES

AL aprova reajuste parcelado contra a vontade dos servidores

Apesar dos protestos do Sindsaúde e de dezenas de servidores estaduais que lotaram as galerias da Assembleia Legislativa, a bancada do governo aprovou, na noite de quarta-feira (6), o projeto de reajuste salarial do funcionalismo público. O índice de 6,41% será dividido em duas parcelas, sendo uma de 3,5% retroativo a março e outra de 2,9% em novembro.

Durante o processo, que durou dois dias de intensos debates e manifestações, a diretoria do Sindsaúde chegou a se reunir com a bancada da oposição na AL-BA na tentativa de conseguir avanços na proposta, mas não teve acordo com a bancada governista e o projeto foi aprovado na íntegra.

O sindicato vai analisar a situação sob o ponto de vista jurídico e político para definir a continuidade da luta contra o parcelamento do índice.

Foto: Carlos Américo/Foco Filmes

Compartilhe!

Uma resposta a AL aprova reajuste parcelado contra a vontade dos servidores

  1. suzana disse:

    Quando será a próxima assembleia? A comunidade de servidores está aguardando a manifestação formal do SINDSAUDE!

Deixe uma resposta