DESTAQUES

Servidores da Saúde fazem passeata contra proposta de reajuste do governo

Nesta terça (5) categoria vai acompanhar votação do projeto na Assembleia Legislativa

 

Com o auditório do Sindicato dos Bancários lotado, os servidores da Secretaria da Saúde do Estado, liderados pelo Sindsaúde-Ba, decidiram nesta segunda-feira (4) pela manhã, em assembleia geral do dia de paralisação contra a proposta de reajuste enviada pelo governo à Assembleia Legislativa, sair em passeata pelo Centro da cidade. Carregando um caixão, o “cortejo fúnebre” seguiu pela Avenida Sete de Setembro e retornou pela Rua Carlos Gomes até o Campo Grande. O enterro simbólico do projeto foi em protesto contra o percentual de 6,41% parcelado em duas vezes (3,5% retroativo a março e 2,9% em novembro).

A categoria aprovou nova paralisação para a tarde de amanhã, com o objetivo de acompanhar, na Assembleia Legislativa, a votação do projeto de reajuste do governo, unindo-se ao conjunto do funcionalismo. “Vamos pressionar os deputados contra esse projeto que não atende aos interesses dos servidores e foi enviado ao Legislativo sem acordo com as entidades representativas da categoria”, frisou o presidente do Sindsaúde, Sílvio Roberto dos Anjos e Silva. A concentração está marcada para começar às 12 horas.

Pauta específica

A assembleia referendou também a pauta específica de reivindicações dos servidores da Saúde, elaborada no IX Congresso Estadual dos Trabalhadores da Saúde, que deverá ser discutida na mesa setorial de negociação, marcada para iniciar nesta quarta-feira (6), às 16h.

Foto: Carlos Américo / Foco Filmes

Compartilhe!

Uma resposta a Servidores da Saúde fazem passeata contra proposta de reajuste do governo

  1. Arianivictoria31 disse:

    Vamos lutar como guerreiros que somos não podemos fugir, esta é a hora meus amigos. Um abraço a todos e que Deus seja por nós.

Deixe uma resposta