DESTAQUES

Assembléia Geral com indicativo de Greve Geral.


O SindsaudeBa convoca os servidores públicos da saúde da Bahia (SINDSAUDEBA) para assembleia geral com paralisação e indicativo de greve no dia 12 de fevereiro, no auditório do Sindicato dos Bancários, na capital Salvador, na avenida 7 de setembro, às 15 horas. A participação de todos os trabalhadores é imprescindível. O governador da Bahia insiste na PEC 159, além de não realizar concursos públicos para saúde, não quer pagar a URV, não dá aumento a mais de 5 anos aos servidores públicos, terceirização em massa e o aumento dos casos de assédios moral sem resolução. #RESPEITOAOSERVIDORES

muito tempo o SindsaudeBa, a categoria tem apontado as contradições na proposta de mudanças de atuação do governo da Bahia, que nunca valoriza os servidores públicos da saúde. Desde então, com o SindsaúdeBa Itinerante, ampliamos o debate e sobre os problemas que estamos sofrendo é muito maior que as próprias redes sociais já denunciavam. “Quando decidi cair na estrada e saber onde estão os servidores e com andam as condições de trabalho, saímos muito dos locais triste, principalmente com o descaso e a falta de responsabilidade do governo e até prefeituras, a terceirização em massa vem prejudicando a saúde dos baianos”, pontuou Ivanilda.

Essa Assembléia terá que lotar ouvir todos e unir em uma linha de ação chamada Servidor Público – pontuou Ivanilda. No mesmo dia, vamos tirar ações onde, como, o que…- esclareceu. “Agora é nossa vem de reconstruir nossa história, nunca e nenhum governo assinou, liberou ou disse amo vocês servidores, então pelo menos que nos respeitem como seres humanos!”, disse a presidente, indignada.

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.