DESTAQUES

Sindsaúde denuncia ato ilegal do Governo

O presidente do Conprev,  Conselho da Previdência convocou para hoje à tarde, na SAEB, reunião extraordinária para apreciar o Projeto de Reforma da Previdência que já se encontra na ALBA para ser votado. Na verdade a PEC 158 não poderia ter sido encaminhada para a Assembléia antes da aprovação pelo Conselho que tem inclusive participação de representação de servidores. O que o governo pretende agora, às pressas, é tentar sustar o vício de ilegalidade do processo legislativo. 

Fica mais uma vez evidente a maneira autoritária e desprovida de transparência com que agiu o governo ao tentar fazer essa Reforma, sem diálogo com os servidores, atropelando todo o rito Legal. O Sindsaúde juntamente com as outros  sindicatos de servidores seguem na luta exigindo do Governador Rui Costa, a retirada da PEC e abertura de diálogo sobre propostas que venham equilibrar a Previdência sem prejuízo aos servidores e à sociedade.

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.