DESTAQUES

Milhares de pessoas participam de grande ato em defesa da Educação e contra Reforma da Previdência

Mais de 50 mil pessoas, entre profissionais da educação, estudantes  e trabalhadores de diversas categorias, lotaram as ruas do centro da cidade na grande manifestação contra a reforma da Previdência e o corte de verbas da Educação, nesta quarta-feira (15/5).

A concentração aconteceu na Praça do Campo, seguida de caminhada até a Praça Castro Alves. O Sindsaúde marcou presença na manifestação que denunciou os retrocessos e medidas do governo federal que estão promovendo um verdadeiro desmonte no país.

Com faixas, cartazes e minitrio os participantes mostraram indignação contra as medidas do governo que não ocorrem apenas na educação pública, mas em diversos setores como saúde, Previdência, programas sociais, dentre outros. Diversas categorias estão mobilizadas contra os ataques do governo federal com o objetivo de barrar as medidas nefastas que representam perdas irreparáveis para toda a sociedade.

Greve Geral Nacional

A paralisação também foi um preparativo para Greve Geral Nacional  em defesa da Previdência pública, marcada para o dia 14 de junho. Os representantes das entidades conclamam a união de toda a sociedade para tentar barrar o projeto da reforma da Previdência, que propõe mudanças perversas para os trabalhadores como um tempo maior de contribuição, limitações de acesso aos benefícios integrais, possibilidade de congelamento dos proventos, entre outras. Nenhum direito a menos!

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.