DESTAQUES

Sindicatos unidos para barrar aumento da alíquota da Previdência dão entrevista coletiva à imprensa nesta sexta (30/11)

Dirigentes do Sindsaúde,  APLB-Sindicato, Sinpojud e SindSefaz darão uma entrevista coletiva à imprensa nesta sexta-feira, 30 de novembro, às 8h30, no auditório da APLB, na Rua Francisco Ferraro, número 45, ao lado do portão lateral do Colégio Central

Durante a reunião que teve no dia 19 de novembro com a bancada governista na Assembleia Legislativa, o governador Rui Costa (PT) antecipou que enviará um projeto à Casa que eleva de 12% para 14% a alíquota de contribuição de servidores à previdência estadual. Diante da cara de espanto dos parlamentares, Rui disse que esta é a única alternativa para enfrentar o déficit do setor, que já ultrapassou os R$ 3 bilhões e é considerado impagável pelo governo.

Os servidores públicos estaduais tão logo souberam da péssima surpresa demonstraram sua indignação em redes sociais.

A APLB-Sindicato, o Sinpojud, o SindSefaz, o SindSaúde e outras entidades sindicais não concordam com essa decisão do governador, que só vai penalizar os servidores públicos estaduais.  A proposta impõe queda no poder aquisitivo desses trabalhadores, já penalizados por salários defasados há mais de 4 anos.

Para tentar chamar a atenção do governador para o problema que ele está criando e para mobilizar todos os servidores públicos estaduais, os sindicatos convidam a imprensa para o café da manhã no auditório da APLB-Sindicato nesta sexta-feira, 30

 

 

 

Fonte: Site APLB Sindicato

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.