DESTAQUES

Sindsaúde-Ba apoia campanha Setembro Amarelo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Sindsaúde-Ba apoia a campanha Setembro Amarelo, que tem como mote a prevenção ao suicídio, e destaca a importância da preservação da qualidade de vida e da saúde mental no ambiente de trabalho e no meio social de todos os trabalhadores.

A diretoria do sindicato ressalta que a campanha é uma oportunidade para refletir sobre os riscos a que os servidores da saúde estão expostos diariamente nas unidades de saúde. Entre eles a sobrecarga de trabalho, ritmo acelerado, condições precárias, desvalorização profissional e situações de assédio moral.

Todos estes fatores vêm desencadeando diversos problemas físicos e mentais como doenças ocupacionais, hipertensão, ansiedade, insônia e depressão, que em alguns casos podem levar ao suicídio. Apenas no ano primeiro semestre de  2018, o Sindsaúde-Ba tomou conhecimento de três casos de suicídios envolvendo servidores da saúde, o que tem causado grande preocupação à gestão da entidade. Essas situações têm sido cada vez mais comuns, ocasionando o afastamento de diversos profissionais das suas funções.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até 2017 foi registrado um aumento de casos de depressão em todo mundo. No Brasil, são 11,5 milhões de pessoas nessa condição, sendo a maioria mulheres. Apesar dos dados alarmantes, diagnóstico e tratamento adequados são eficazes na prevenção de mortes.

Diante destes fatores, o Sindsaúde-Ba destaca a necessidade da Sesab investir na área de saúde do trabalhador, bem como na melhoria das condições de trabalho  e valorização dos profissionais. Além disso, se torna necessária a ampliação da rede de atendimento na área de saúde mental, como psiquiatria e psicoterapia pelo Planserv.

Compartilhe!

Os comentários estão encerrados.